Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Sections
Entrada > Freguesias > Freguesias > Freguesia de Vacalar

Freguesia de Vacalar

vacalar

Muito próximo do Douro, Vacalar é uma das freguesias mais a norte do Município. Dela faz parte a povoação de São Joaninho.

Em tempos, tanto Vacalar como São Joaninho foram lugares anexos da freguesia de Armamar. Em 1958, Vacalar adquiria a sua autonomia administrativa.

A padroeira do Vacalar é Nossa Sra. da Graça com igreja construída num lugar onde havia existido uma capela medieval da mesma invocação.

Do património religioso da povoação faz ainda parte a capela de Santa Ana. Existem também duas capelas de invocação a S. José, ambas particulares; uma na Quinta de S. José do Barrilário (1747) e outra na Quinta do Vilarinho. A Quinta do Temilobos possui também uma capela da segunda metade do século XIX dedicada à Sra. da Conceição. Em São Joaninho refira-se a capela da Sra. do Carmo (reconstruída em 1898).

A freguesia é produtora de vinhos de mesa e generosos (Porto) de excelente qualidade. Aqui abundam as quintas onde se trabalha debaixo de temperaturas que no verão facilmente ultrapassam os 35 graus centígrados. Para além do vinho, também se produz bastante azeite e de muito boa qualidade.

Uma cultura que foi muito popular no século passado foi a do sumagre (arbusto que dá um fruto redondo avermelhado e que tem aplicação em tinturaria e farmácia). Este produto era vendido para Vila Real (a 3$50 a arroba) para a indústria de curtumes.

Do Vacalar eram naturais os beneméritos Gaspar e Manuel Cardoso que deixaram uma considerável fortuna para a construção do Hospital de Armamar. Os seus bustos podem ser vistos na fachada do edifício, atualmente propriedade da Fundação Gaspar e Manuel Cardoso, onde funciona o Centro de Saúde.

 

Lenda do Milagre de Santa Ana

Associado ao culto a santa Ana existe uma lenda que conta que a 26 de julho de 1727, dia consagrado à santa, em pleno verão e numa vinha da aldeia terá jorrado água em abundância. Para tentar descobrir o porquê deste estranho fenómeno os homens da povoação cavaram no local e ter-se-ão deparado com ruínas de uma construção em cantaria que depois serviu para a fonte que atualmente existe.

topo